Escolha uma Página

NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e): COMO EMITIR ESSE DOCUMENTO?

por | jul 28, 2020 | Inteligência Tributária | 0 Comentários

A nota fiscal é um documento importante. Com ela, é possível registrar a venda de mercadorias e manter um negócio na legalidade.

Vários tipos de empresas são obrigadas a emitir a nota fiscal. Por isso, é fundamental que o empreendedor saiba como funciona para emitir e esclareça todas as suas dúvidas.

Confira neste artigo tudo que você precisa saber sobre a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)!

Para que serve a nota fiscal?

Também conhecido como nota fiscal de produto. É utilizado na comercialização de mercadorias e serve para comunicar ao governo as operações de venda de uma empresa, evitando a sonegação de impostos.

A NFe é utilizada como base para toda a contabilidade do negócio. Além disso, é um comprovante de que os tributos estão sendo recolhidos da forma correta.

É importante saber que a emissão desse documento é um dos direitos do consumidor. Pois ao apresentar a nota fiscal de um produto com defeito, o cliente pode requerer a substituição do item, a devolução do pagamento ou o abatimento de uma parte do valor pago.

Logo, essa é uma das vantagens para o consumidor, mas também existem benefícios para quem emite. Confira à seguir.

Vantagens da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

A nota fiscal eletrônica traz diversos benefícios para quem emite e para o consumidor, conheça alguns deles:

  • Armazenamento digital dos arquivos, não ocupando espaço físico e evitando custos com recursos;
  • Facilidade e agilidade ao preencher as informações e enviá-las ao governo, reduzindo o tempo gasto para fazer a emissão;
  • Redução dos custos com impressão, pois as notas podem ser encaminhadas por e-mail ao consumidor e pelo sistema de emissão para a Sefaz;
  • Praticidade na consulta dos documentos já emitidos, pois eles podem ser acessados com apenas alguns cliques;
  • Operações simplificadas, como carta de correção e inutilização da nota – realizadas por meio de um sistema emissor de NFe;

A NF-e substitui as notas fiscais tipo 1 e A-1, também servindo nos casos em que este modelo é utilizado, como na Nota Fiscal de Entrada e em operações interestaduais, de importação, exportação e de simples remessa.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SIGA-NOS

POSTS RECENTES

Compartilhe!

Compartilhe o conteúdo com seus amigos.